Logo Prefeitura de Salvador

Aranha-caranguejeira é resgatada pela Guarda Civil em pleno Centro Histórico  

Publicado: 29/02/24

Um resgate inusitado foi realizado na manhã desta quinta-feira (29), quando uma equipe do Grupo de Apoio Turista (GAT) foi acionada em pleno Centro Histórico, com a informação de que um homem estava em posse de uma aranha-caranguejeira nas ruas do local.

Ao ser abordado pela equipe da GCM, o acusado imediatamente fugiu do local abandonando o animal, sendo então realizado o acionamento de prepostos do Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA) para resgatar o aracnídeo.

Segundo o Coordenador do GEPA, Robson Pires “Aranha-caranguejeira” é o nome dado a cerca de 900 espécies de aranhas que se destacam por seu grande tamanho e por terem o corpo recoberto por várias cerdas. Estas apresentam função sensorial e também atuam na defesa, sendo liberadas quando a aranha se sente ameaçada. “Apesar de a aranha-caranguejeira possuir um veneno que normalmente não provoca acidentes graves, suas cerdas causam irritações e alergias, as quais podem ser fatais para pessoas alérgicas. Esses animais possuem hábitos noturnos e geralmente são pouco agressivos”, detalhou Pires, ao sinalizar que a posse ilegal de animal silvestre é considerado crime ambiental, como preconiza a Lei 9.605/98, em seu art. 29, podendo ser conduzido para a Delegacia mais próxima, estando sujeito a multa e penas de reclusão que pode variar de 6 meses a um ano.

Ao presenciar um animal silvestre, o cidadão deve entrar em contato com o telefone: 71 3202-5304. 

Suspeito de furtar fios na Praça do Campo Grande é detido pela Guarda Civil

Publicado: 23/02/24

Durante patrulhamento preventivo na Praça do Campo Grande, uma equipe da Área S4 da Guarda Civil Municipal de Salvador flagrou dois suspeitos furtando fios, na madrugada desta sexta-feira (23), nas proximidades de uma subestação de energia elétrica. Os acusados empreenderam fuga e deixaram para trás uma marreta e cabos de fio que teriam sido subtraídos. Após acompanhamento, apenas um dos suspeitos foi alcançado e revistado, sendo encontrado com um simulacro de arma de fogo.

Diante dos fatos, o suspeito foi apresentado na central de flagrantes juntamente com os objetos encontrados. “A condução do acusado resultou em mais um saldo positivo para a sociedade, pois ações como essas sempre refletem em prejuízo para os cofres públicos, além de causar transtornos para população que fica com deficiência na iluminação. A Guarda Civil Municipal segue atenta para este tipo de ilícito, principalmente no período da madrugada, em que as ruas possuem pouca movimentação de pessoas”, detalhou o Inspetor Geral da Guarda Civil Municipal, Marcelo Silva, ao ressaltar a atuação da equipe da Área S4 na pronta resposta e efetivação da abordagem, contribuindo para a segurança e ordem na região da Praça Campo Grande.

Guarda Civil resgata terceira cobra em ambiente escolar em menos de quatro dias

Publicado: 23/02/24

Mais uma serpente foi resgatada em uma escola por uma Equipe do Grupo Especial de Proteção Ambiental da Guarda Civil Municipal de Salvador (Gepa). Desta vez em um Colégio Estadual, no bairro de Vila Canária.

A ação foi realizada na manhã desta sexta-feira (23), no Colégio Estadual Vila Canária, quando um filhote de jiboia foi resgatado dentro da unidade escolar, o terceiro só essa semana em uma unidade de ensino. “Estamos atentos e monitorando a região, para tentar verificar a possibilidade de ninhos próximos às escolas onde os animais foram resgatados por nossas equipes”, detalhou o Coordenador do Gepa, Robson Pires.

Ontem, uma equipe do Gepa resgatou mais uma jiboia, contudo no bairro de Stella Maris, próximo a um parquinho. Ambos os animais foram encaminhados para o Centro de Triagem para Animais Silvestres do Inema, onde passarão por avaliações.

Caso se depare com um animal silvestre, é recomendado entrar em contato com a Guarda Civil, através do telefone 71 3202-5312.

Guarda Civil resgata filhotes de jiboias em Escola

Publicado: 19/02/24

Reflexo das chuvas que atingem a cidade, uma equipe do Grupo Especial de Proteção Ambiental da Guarda Civil Municipal (Gepa/GCM) foi acionada para resgatar dois filhotes de cobra, em uma Escola da rede municipal no bairro de Vila Canária.

A ação aconteceu na manhã desta segunda-feira (19), por volta das 9h, quando a equipe se deparou com um fato inusitado: os animais estavam em plena sala de aula. A contenção foi realizada com toda a segurança pelas equipes do Gepa, para que a escola retornasse a sua normalidade após o resgate.

Os animais, identificados como dois filhotes de jibóia, espécie muito comum em nosso município, não são peçonhentos. “Esta época do ano acontece o nascimento de serpentes, sendo bastante comum elas adentrarem em construções diversas a procura de abrigo e alimentação. As jibóias são serpentes que se adaptam muito bem ao ambiente urbano, procurando principalmente pequenos roedores que são seus alimentos preferido”, afirmou o Supervisor Robson Pires, ao ressaltar ainda, que as ações em parcerias com as escolas são contínua, inclusive com a demonstração e o contato com espécies vivas, para que os alunos possam fortalecer ainda mais a consciência ambiental.

Caso encontre um animal silvestre, o cidadão deve entrar em contato com a GCM através do telefone: 713202-5312 e solicitar o resgate do animal.

Guarda municipal de Salvador lança livro sobre estratégias de comunicação para agentes  

Publicado: 15/02/24

Um dos temas mais abordados da atualidade, a comunicação assertiva foi o tema do livro lançado pelo agente da Guarda Municipal de Salvador (GCM), Tiago Lopes. A publicação, intitulada “Comunicação Assertiva para Guardas Municipais”, tem o intuito de oferecer ferramentas e estratégias para aprimorar habilidades de comunicação no cotidiano dos agentes e está disponível na plataforma Uiclap (https://loja.uiclap.com/titulo/ua47801/).  

O livro aborda temas como técnicas de comunicação verbal, resolução de conflitos e mediação de situações delicadas, apresentando estudos de caso e exemplos práticos para facilitar a compreensão e aplicação dos conceitos. O autor explicou que a ideia surgiu da vontade de compartilhar experiências, combinando situações cotidianas, aprendizados do curso de terapeuta emocional e componentes da comunicação não violenta.

“Comecei a amadurecer a proposta no final de 2022 e fui escrevendo a partir de situações do dia a dia. Foi algo trabalhoso, mas muito prazeroso. Desde quando comecei a instrução na Guarda Civil Municipal de Salvador, meu objetivo era esse, poder partilhar com os colegas um pouco desse conhecimento”, citou.

O Inspetor Geral da GCM, Marcelo Silva, elogiou a importância do conhecimento sobre comunicação assertiva, ministrado por Lopes, durante o curso de formação da Guarda. “Entendemos a importância deste conhecimento para o dia a dia dos guardas civis”, exaltou.

Guarda Civil Municipal divulga balanço final da Operação Carnaval 2024

Publicado: 14/02/24

Atuando com 1060 agentes, a Guarda Civil Municipal de Salvador apresentou os resultados das ações desenvolvidas ao longo do Carnaval de Salvador, considerando como bastante positivos os números contabilizados através do Núcleo de Estatística do órgão (Nest).

“Dentro da perspectiva que compete as funções da Guarda Civil Municipal, temos um cenário melhor do que o apresentado no Carnaval 2023. Alguns casos pontuais que ocorreram na folia, cuja resolução é de responsabilidade de outras instituições, estão sendo devidamente tratados. Contudo, numa avaliação geral, consideramos o melhor carnaval de atuação da Guarda Civil Municipal”, afirma Marcelo Silva, Inspetor Geral da Guarda Civil Municipal.

Dentre os vários circuitos, um diferencial desse ano foi o carnaval no Santo Antônio Além do Carmo, que já se tornou uma outra opção para o folião. “A gente fez um ordenamento bem organizado e a Guarda Civil Municipal atuou para dar tranquilidade a quem aproveitou a região”, frisou o Diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, ao destacar a dedicação dos servidores para o sucesso da atuação da GCM, nos diversos dias consecutivos de evento, nos quatro circuitos em que a instituição atuou (Dodô, Osmar, Batatinha e Santo Antônio Além do Carmo), em apoio aos diversos órgãos e atividades que compuseram a folia momesca.

Atendimentos e ocorrências

A GCM contabilizou ao longo de todo o Carnaval 26 ocorrências, o que representou uma redução de 39,5%, em relação ao ano passado, quando foram computadas 43 registros. O Circuito Dodô (Barra) obteve o maior quantitativo com 12 registros, seguido do circuito Osmar (Campo Grande) com 11 e Batatinha (Pelourinho) com apenas 03.

Foram registrados ainda 819 atendimentos, um crescimento de 17,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, 876 patrulhamentos preventivos, além de 291 abordagens e 522 apoios aos diversos órgãos que atuaram na folia.

Identificação de Crianças

Pioneira no serviço de identificação de crianças em grandes eventos, há quase dez anos a Guarda Civil presta esse atendimento, considerado uma das frentes de apoio preventivo. Mais de 17 mil crianças foram identificadas nos três circuitos do carnaval deste ano, um aumento de 24,7% em comparação ao último carnaval. “Realizamos ainda mais de 1.100 ações de prevenção à violência, com apoio de 97 veículos, 10 elevados, 13 bases avançadas e 157 câmeras de segurança distribuídas nos circuitos e monitoradas pelo nosso Centro Integrado de Inteligência, Comando e Videomonitoramento (Cicomv)”, detalhou o Diretor Maurício Lima.

Banda de Música

Composta por 18 servidores da instituição, a tropa musical da GCM realizou várias apresentações em abrigos para idosos, no Camarote da Acessibilidade e nos Centros de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência – CAAC’s -, que acolhem os filhos de ambulantes cadastrados na prefeitura e que estão trabalhando durante os dias do evento. Equipes da GCM também realizaram atividades recreativas com as crianças.

Coleta de documentos

O serviço de recolhimento de documentos perdidos ao longo dos circuitos, realizado desde 2014, contabilizou 163 documentos recuperados pela Guarda; em 2023 foram 253. “Hoje, com o acesso às plataformas digitais, boa parte da população utiliza documentos de identificação e meios de pagamento diretamente no celular, o que reduz a circulação dos documentos físicos. Outro fator que corrobora com a queda no número no material coletado é que esse serviço está sendo prestado por outros órgãos.”, afirmou o Inspetor Marcelo.

A lista com o nome das pessoas que tiveram seus documentos encontrados está disponível para consulta no site da GCM (https://guardamunicipal.salvador.ba.gov.br/). Após o carnaval, o material será levado para a base da Guarda, na Avenida San Martin e deverá ser retirado pelo titular dentro do prazo de 30 dias. Após esse período, os documentos são devolvidos para seus respectivos órgãos expedidores.

© Copyright: Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SEMIT)
Skip to content