0
0
0
s2sdefault

 

Reflexo da presença de um grande público infantil, a Guarda Civil Municipal contabilizou a identificação de mais de 4 mil crianças, no segundo dia do Festival da Virada Salvador. Nas ações operacionais foram contabilizados 159 atendimento e 05 ocorrências, está última apresentou uma redução em cerca de 28,6%, em relação ao mesmo período do réveillon do ano anterior, quando foram contabilizados 07 registros. 

Violência contra mulher 

Durante as ações de patrulhamento preventivo, uma equipe da Guarda Civil Municipal foi acionada por uma senhora, informando que sua filha teria sido aliciada por um homem. O suspeito foi identificado e encaminhado para uma unidade policial, acompanhado de uma equipe da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), visto que na edição deste ano do Festival Virada Salvador as mulheres estão respaldadas pela Lei de Importunação Sexual (nº 13.718), aprovada ano passado pela Presidência da República. Com o recurso legal, o assédio na rua é enquadrado como crime. Práticas como beijo roubado ou forçado ou, ainda, o ato de “passar a mão” podem ser enquadradas pela justiça. 

Documentos Perdidos 

Durante mais um dia de evento, a Guarda Civil Municipal contabilizou a recuperação de 124 documentos, sendo catalogados até o momento 266 itens. Quem perdeu um documento no Festival, pode comparecer a base do órgão, na Arena Daniela Mercury, localizada na área de serviços, sendo recomendado a consulta no site do órgão para verificação do nome na lista de documentos catalogados. (www.gcm.salvador.ba.gov.br)

 

Fale Conosco

Enviando...