0
0
0
s2sdefault

E já se vão 11 anos de existência e atuação da Guarda Civil Municipal na cidade de Salvador. No ano de 2008, a instituição foi criada para proteção dos bens e patrimônio público, bem como auxiliar na proteção de praças, parques e espaços públicos municipais. O tempo foi passando e surgiu a necessidade de atuar em outras áreas. Foram criados os grupamentos de Operações Especiais, Proteção Ambiental, Grupo de Operações com Cães, de Rondas da Capital, de Motociclistas e de apoio ao Turista. Cada um na sua especialidade, sempre aperfeiçoando a qualidade de serviço para atender ao cidadão. 

Hoje, a Guarda Civil conta com um efetivo de 1211 servidores, sendo 137 mulheres e 1074 homens, que atuam em regime de escala 24 horas, durante os sete dias da semana. Na atual gestão, os agentes foram contemplados com a implementação de coletes balísticos modernos, armamento, munições, pistolas de condutividade elétrica, conhecido como Spark ou Taser, além da ampliação do porte de arma, concedido através de exames de psicoteste, conforme a exigência da legislação vigente. Foram entregues também novas viaturas, permitindo assim que a GCM aumentasse o número de atendimentos. 

As melhorias conquistadas são frutos do trabalho de homens e mulheres que vem se qualificando com cursos oferecidos pela instituição, a fim de prestar um melhor serviço nas ruas de Salvador. “Todo esse trabalho vem sendo reconhecido pela população da nossa cidade, que respeita o Guarda Civil Municipal. É uma relação de confiança, respeito e credibilidade que vem sendo construída durante todo esse tempo, uma relação que está solidificada. A guarda está presente em todas as secretarias do nosso município”, destaca o Inspetor Geral da GCM, Alysson Carvalho. A GCM atua em apoio às secretarias de Ordem Pública, Transalvador, Urbanismo e ainda na operação Chuva com a Codesal. 

Mensalmente, os agentes são submetidos a cursos de requalificação, abordando temas como segurança pública, racismo institucional, legislação, deveres do agente público, primeiros socorros, dentre tantos outros. 

Ao longo desses 11 anos a GCM teve 7 superintendentes, que foram eles: Alberto Guanais, Lourisvaldo Rocha, Cassivandro Santos, Roberto Fiuza, Sergio Raykil, Francisco Edson, Peterson Portinho. Além de dois Inspetores: o GCM João Neto, e o atual inspetor geral, Alysson Correia Carvalho, que comanda a administração juntamente com o diretor de Segurança Urbana, Maurício Lima. 

De 2008 aos dias atuais, foram registradas 4.014 ocorrências e 50.542 atendimentos diversos a população da cidade, que cobra cada vez mais a presença de um agente da Guarda Civil nos espaços públicos. Esse reconhecimento advém de um trabalho diário em que foi conquistada a confiança do cidadão, seja em um posto de uma secretaria municipal, seja em alguma praça, ou mesmo nas praias e festas populares da cidade. 

“A Guarda Civil Municipal se orgulha do trabalho que está desenvolvendo na cidade de Salvador. O reconhecimento disso foi prova que no carnaval a GCM esteve entre os três serviços mais procurados pelo cidadão. E essa é a nossa missão: cuidar do patrimônio público, proteger e servir aos nossos servidores municipais, ao nosso cidadão, por que a vida é o maior patrimônio”, enfatiza o diretor Mauricio. 

Criada por meio de uma Lei Orgânica Municipal, no dia 11 de julho de 2007, a Guarda Civil foi apresentada ao público pela primeira vez no dia 2 de Julho de 2008, durante o desfile cívico, em comemoração a Independência do Brasil na Bahia, nas ruas do Centro de Salvador.

Fale Conosco

Enviando...