0
0
0
s2sdefault

Durante os finais de semana e feriados, o Parque da Cidade é atualmente um dos locais mais procurados para o lazer em Salvador. E devido a grande circulação de adultos e crianças, a Guarda Civil Municipal de Salvador (GCMS), independente do evento ou atrações realizadas, reforça atuação para minimizar problemas de ocorrências e delitos, como também casos com crianças perdidas.

Para isso, outras unidades são relocadas para auxiliar o Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA), responsável pela segurança do Parque da Cidade, e a Coordenadoria de Prevenção à Violência da Guarda Civil (Cprev) emprega uma equipe destinada a realizar a identificação de menores, orientar os responsáveis e auxiliar o encontro daquelas que tenham se perdido.

A orientação é procurar um agente da Guarda Civil assim que chegar ao Parque, para que a criança seja identificada.  “Existem guardas civis espalhados por todo o Parque da Cidade, e uma base móvel posicionada bem no centro para facilitar o auxílio às pessoas que buscam por crianças perdidas e consequentemente o reencontro delas”, explica o Diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima.

Estatística – No festival realizado no último Dia das Crianças, foram registrados 12 casos de crianças perdidas, e todas elas encontradas pelos seus responsáveis através da identificação. Há dois anos, eram registrados até 30 casos de crianças perdidas durante os grandes eventos. A média durante um final de semana comum caiu de 10 para dois casos.

 

Fale Conosco

Enviando...