0
0
0
s2sdefault

 

 

Quarenta e cinco agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) participam desde a manhã de ontem (04), do curso sobre Animais Peçonhentos, realizado pelo Núcleo de Ofiologia e Animais Peçonhentos da Universidade Federal da Bahia (NOAP/UFBA), realizado na própria Universidade. 

Com carga horária de 16 horas, o curso apresenta matérias teóricas e práticas voltadas para venenos animais, epidemiologia dos acidentes por animais peçonhentos, caracterização e identificação das serpentes, escorpiões e aranhas. 

Realizado nos dias 04 e 05 de julho, a capacitação ministrada pela UFBA tem também a participação de um profissional do IBAMA, dois Militares do Exército Brasileiro, dois representantes da Polícia Federal e dois alunos do SESI. “Estamos a cada dia ampliando o conhecimento técnico dos nossos agentes, não apenas dos Guardas Civis lotados no Grupo Especial de Proteção Ambiental, mas até mesmo dos profissionais lotados na Central de Operações da GCM, pois eles são os responsáveis por realizar a primeira triagem, voltada para a identificação dos animais o que consequentemente será informação fundamental para avaliação dos equipamentos que devem ser levados pela equipe que irá fazer o resgate”, detalhou o Supervisor Robson Pires. 

Só em 2018, a Guarda Civil já resgatou mais de 600 animais silvestres, sendo que destes 108 foram cobras. “A capacitação continuada, no que se refere o campo ambiental, é extremamente importante, por isso estaremos buscando sempre parcerias como a realizada com a UFBA, para melhorar ainda mais a prestação dos serviços destinados à população”, afirmou o Inspetor Geral da GCM, Alysson Carvalho.

Fale Conosco

Enviando...