0
0
0
s2sdefault

 

Um homem, identificado como Gelmar Melo Araújo, foi detido por agentes da Guarda Civil Municipal de Salvador, lotados no Grupamento de Operações Especiais (GOE), quando pichava o muro da instituição, às margens da Avenida San Martin, no bairro da Fazenda Grande do Retiro.

O meliante foi flagrado por uma equipe da Guarda Civil por volta das 06 horas de hoje (22), com duas latas de spray, cometendo o crime ambiental. “A Guarda Civil tem intensificado as ações de fiscalização ao longo de toda a cidade, onde estamos trabalhando com tolerância zero. É uma afronta um ato como este ser praticado em nossa casa. Esperamos agora que a justiça adote todas as providências cabíveis ao fato”, afirmou o Inspetor Geral da GCM, Alysson Carvalho.

De acordo com o Diretor Geral do órgão, Maurício Lima, o crime de pichação é considerado vandalismo e crime ambiental. “De acordo com o artigo 65, da Lei 9.605/98, quem pratica esse tipo de crime pode pegar pena de detenção de 3 meses a 1 ano, além de multa, para quem pichar, grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano”, detalhou Maurício, ao ressaltar que os autores deste tipo de ação ainda podem responder na Lei Municipal Nº 8645/2014, que institui sanções administrativas para os atos de vandalismo. “A Guarda Civil reforça a população sobre a importância da conservação do patrimônio público. O vandalismo custa caro, por isso é muito importante que cada cidadão conserve e cuide da cidade”, completou o Inspetor Geral, Alysson Carvalho.

Gelmar Melo Araújo foi encaminhado para a Central de Flagrantes, no Iguatemi, para adoção das medidas cabíveis.

Fale Conosco

Enviando...