A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) apreendeu 303 itens irregulares durante fiscalização realizada nesta segunda-feira (31), entre as praias de Piatã e Flamengo. Entre os itens estavam churrasqueiras, sombreiros, mesas plásticas, bebidas alcoólicas, caixas de isopor, bancos e cadeiras plásticas.
 
A operação, executada de forma rotineira, tem como objetivo verificar se os vendedores ambulantes que atuam nas praias da capital estão devidamente licenciados pela Prefeitura e se comercializam somente mercadorias autorizadas.
 
A operação ocorreu durante toda a manhã e contou com a participação de 15 fiscais da Semop, seis guardas municipais, dois agentes da Transalvador e cinco profissionais da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb).
 
Resgate - As mercadorias apreendidas durante as fiscalizações de ordenamento podem ser retiradas mediante a apresentação do lacre entregue no ato da apreensão, no Setor de Guarda de Bens da Semop (Segub), localizado na Avenida San Martin (ao lado do Colégio Luiz Eduardo Magalhães).
 
Segundo a Diretoria de Serviços, o valor da multa varia de acordo com o tipo e quantidade do material apreendido. O valor mínimo para o resgate é de R$ 138, variando a depender da quantidade do material ou tempo de armazenagem.